Treinamentos

NR-35 Trabalho em Altura (4h teórico e 4h pratica);

Conteúdo programático:

1. Introdução a Segurança em Altura;

2. Normas e Regulamentações Aplicáveis ao Trabalho em Altura;

3. Análise de Riscos;

4. Condições Impeditivas para Serviços;

5. Riscos Potenciais Inerentes ao Trabalho em Altura;

6. Medidas de Prevenção e Controle;

7. Sistemas, Equipamentos e Procedimentos de Proteção Coletiva;

8. Equipamento de Proteção Individual para trabalho em altura;

9. Seleção, Inspeção, Conservação e Limitação de Uso dos EPIs;

10. Inspeção de Segurança;

11. Prevenção de Acidentes;

12. Acidentes Típicos em Trabalhos em Altura;

13. Condutas em situações de emergência;

14. Noções de Técnicas de Resgate e de Primeiros Socorros.

NR-05 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA (15h teórico e 5h pratica);

Conteúdo programático:

1. Regulamentações do MTE / legislações trabalhista;

2. Introdução a segurança do trabalho

3. Organização da CIPA

4. Riscos ambientais

5. Mapa de risco

6. Equipamentos de proteção coletiva

7. Equipamentos de proteção individual;

8. Inspeção de segurança;

9. Técnicas de análise de riscos;

10. Prevenção de acidentes e controle de riscos;

11. Investigação dos acidentes;

12. Consequências dos acidentes;

13. Doenças ocupacionais e higiene;

14. Noções previdenciárias;

15. Competência legal;

16. HIV / AIDS;

17. Proteção e combate a incêndio;

NR-35 Supervisor para Trabalho em Altura (20h teórico e 20h pratica);

Conteúdo programático:

1. Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura NR 35;

2. Gerenciamento dos Riscos;

3. Condições Impeditivas;

4. Aplicabilidade das ferramentas de segurança APR/PT;

5. Equipamentos de proteção individual para trabalho em altura;

6. Inspenção de Equipamentos;

7. Vestimenta do Cinto e suas regulagens;

8. Atividade de supervisão sobre os pontos de conexão do cinto;

9. Deslocamento pela estrutura vertical e horizontal com o talabarte em Y;

10. Linha de vida vertical cabo de aço;

11. Trava-quedas retrátil;

12. Vara de manobra com gancho e First-Man-Up;

13. LVM- Linha de vida móvel em escada extensiva;

14. Sistemas e Dispositivos de ancoragens;

15. Apresentação e recomendações sobre as cordas;

16. Aprendizado de nós;

17. Linha de vida provisória de corda – SAFYLINE;

18. Linha de vida Horizontal provisória de cabo de aço – EZ-LINE;

19. Equipamentos auxiliares para atividades conforme o Anexo I e NBR 15475;

20. Utilização dos equipamentos na forma ascedente e descendente nas atividades de acesso por corda;

21. Teoria básica sobre Salvamento e Emergência;

22. Noções básicas sobre a utilição de sistemas de vantagem mecânica;

23. Vantagem mecânica (STRE E RPD);

24. Resgate em estrutura utilizando o sistema RPD.

Conteúdo programático:

1. Apresentação do Curso;

2. Normas e Regulamentações do TEM;

3. Conceitos e Definições;

4. Responsabilidades, direitos e obrigações;

5. Certificados;

6. Importância do EPI;

7. Proteção de Cabeça;

8. Proteção dos olhos e face;

9. Proteção Auditiva;

10. Proteção Respiratória;

11. Proteção do Tronco;

12. Proteção dos Membros Superiores;

13. Proteção de Membros Inferiores;

14. Proteção do Corpo Inteiro;

15. Proteção contra quedas com diferencial de nível;

16. Uso adequado do EPI;

17. Conservação e Guarda dos EPI’s.

Conteúdo programático:

1. Normas e legislação aplicadas nos trabalhos elétricos;

2. Equipamentos de proteção individual- EPI;

3. Equipamentos de proteção coletiva;

4. Segurança na construção civil;

5. Campo de aplicação;

6. Documentações necessárias para instalações elétricas;

7. Procedimentos necessários;

8. Acidentes com origem elétrica;

9. Prevenção e combate a incêndios;

10. Primeiros socorros;

11. Trabalhos com alta tensão;

12. Segurança em instalação elétrica energizada e desenergizada;

13. Riscos envolvendo o trabalho elétrico.

Conteúdo programático:

1. INTRODUÇÃO À SEGURANÇA COM ELETRICIDADE;

2. RISCOS EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE:

a) O choque elétrico, mecanismos e efeitos;

b) Arcos elétricos; queimaduras e quedas;

c) Campos eletromagnéticos.

3. TÉCNICAS DE ANÁLISE DE RISCO.

4. MEDIDAS DE CONTROLE DO RISCO ELÉTRICO:

a) Desenergização.

b) Aterramento funcional (TN / TT / IT); de proteção; temporário;

c) Equipotencialização;

d) Eccionamento automático da alimentação;

e) Dispositivos a corrente de fuga;

f) Extra baixa tensão; g) barreiras e invólucros;

g) Bloqueios e impedimentos;

h) Obstáculos e anteparos;

i) Isolamento das partes vivas;

j) Isolação dupla ou reforçada;

k) Colocação fora de alcance;

l) Separação elétrica.

5. NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS – NBR DA ABNT: NBR-5410, NBR 14039 E OUTRAS;

6. REGULAMENTAÇÕES DO MTE:

a) NRs;

b) NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade);

c) Qualificação; habilitação; capacitação e autorização.

7. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO COLETIVA.

8. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.

9. ROTINAS DE TRABALHO – PROCEDIMENTOS.

a) Instalações desenergizadas;

b) Liberação para serviços;

c) Sinalização;

d) Inspeções de áreas, serviços, ferramental e equipamento;

10. DOCUMENTAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.

11. RISCOS ADICIONAIS:

a) Altura;

b) Ambientes confinados;

c) Áreas classificadas;

d) Umidade;

e) Condições atmosféricas.

12. PROTEÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS:

a) Noções básicas;

b) Medidas preventivas;

c) Métodos de extinção;

d) Prática;

13. ACIDENTES DE ORIGEM ELÉTRICA:

a) Causas diretas e indiretas;

b) Discussão de casos;

14. PRIMEIROS SOCORROS:

a) Noções sobre lesões;

b) Priorização do atendimento;

c) Aplicação de respiração artificial;

d) Massagem cardíaca;

e) Técnicas para remoção e transporte de acidentados;

f) Práticas.

15. RESPONSABILIDADES

Conteúdo programático:

1. Descrição e identificação dos riscos associados com cada máquina e equipamento e as proteções específicas contra cada um deles;

2. Funcionamento das proteções; como e por que devem ser usadas;

3. Como e em que circunstâncias uma proteção pode ser removida, e por quem, sendo na maioria dos casos, somente o pessoal de inspeção ou manutenção;

4. O que fazer, por exemplo, contatar o supervisor, se uma proteção foi danificado ou se perdeu sua função, deixando de garantir uma segurança adequada;

5. Os princípios de segurança na utilização da máquina ou equipamento;

6. Segurança para riscos mecânicos, elétricos e outros relevantes;

7. Método de trabalho seguro;

8. Permissão de trabalho;

9. Sistema de bloqueio de funcionamento da máquina e equipamento durante

10. Operações de inspeção, limpeza, lubrificação e manutenção.

Conteúdo programático:

1. Apresentação do Curso NR 18;

2. Normas e Regulamentação do MTE;

3. Condições e Meio Ambiente de Trabalho;

4. Riscos inerentes a função;

5. Equipamentos de Proteção Coletiva – EPC;

6. Equipamentos de Proteção Individual – EPI.

Conteúdo programático:

1. Introdução a NR 33;

2. Objetivo e Definição;

3. Trabalhos Realizados em Espaços Confinados;

4. Riscos Presentes nos Trabalhos Realizados em Espaços Confinados;

5. Responsabilidades do Empregador;

6. Responsabilidades dos Trabalhadores;

7. Gestão da Saúde;

8. Medidas Técnicas de Prevenção de Acidentes e Sinistros;

9. Medidas Administrativas de Prevenção de Acidentes e Sinistros;

10. Medidas Pessoais de Prevenção de Acidentes e Sinistros;

11. Capacitação para Trabalhos em Espaços Confinados;

12. Emergência e Salvamento;

13. Disposições Gerais;

14. Anexo I – Sinalização;

15. Anexo II – Permissão de Entrada e Trabalho – PET;

16. Anexo III – Glossário;

17. Vídeos Explicativos;

18. Bibliografia/Links Recomendados.

Conteúdo programático:

1. Introdução a Norma Reguladora;

2. Conceitos Básicos de Entrada em Espaços Confinados;

3. Riscos no Espaço Confinado;

4. Classificação dos Espaços Confinados;

5. Profissionais do Espaço Confinado;

6. Permissão de Entrada e Trabalho – PET;

7. Responsabilidades;

8. Avaliação e Controle dos Riscos;

9. EPI – Equipamento de Proteção Individual;

10. Funcionamento do Equipamento;

11. Resgate em Espaço Confinado;

12. Função do Socorrista;

13. Noções de Primeiros Socorros;

14. Utilização de Equipamento Autônomo de Respiração;

15. Aula Prática de Trabalho em Espaço Confinado.

Conteúdo programático:

1. Classes de fogo;

2. Métodos de extinção;

3. Tipos de equipamentos de combate a incêndio;

4. Sistemas de alarme e comunicação;

5. Rotas de fuga;

6. Equipamento de proteção individual e coletiva;

7. Práticas de prevenção e combate a incêndio.

Treinamentos em SST In-Company Cursos de 16 horas.

Gerenciamento de SSMA

Porque contratar os serviços de gerenciamento de SSMA da Integra?

O gerenciamento de saúde, segurança e meio ambiente (SSMA/SST) da Integra Consultoria e Treinamentos, amplia a visão de gerenciamento de riscos, pois une SSMA/SST e Gestão de Projetos garantindo a diminuição dos riscos de acidentes de trabalho e ambientais durante seu empreendimento, desde a seleção das empresas contratadas, até a entrega da obra em conformidade com os requisitos de SSMA adotados na indústria química, manufatura e de construção civil.

Nossos serviços de gerenciamento de saúde, segurança e meio ambiente incluem:

· Coordenação de segurança durante as fases de projeto e execução do empreendimento;

· Acompanhamento estatístico de desvios para antecipar condições e comportamentos inseguros repetitivos que venham a acarretar paralisações no empreendimento devido a acidentes de trabalho com registro de relatórios regulares, com foco em não conformidades, ações corretivas/preventivas e dados estatísticos;

· Recomendações para medidas preventivas;

· Gestão da documentação legal relativa à segurança do trabalho com uso de Gestão eletrônica de documentos (GED) e disponibilização da documentação on-line para o cliente;

· Análise de risco de segurança e plano de trabalho prévio ao desenvolvimento de atividades;

· Verificação e desenvolvimento de planos de saúde e segurança para os empreendimentos;

· Controle da gestão de resíduos da obra e empreendimento em observância as exigências da licença de instalação;

· Controle de certificados de treinamento para operação de guindastes, entrada em espaço confinado, trabalho em altura e outros;

· Controle de equipamento de proteção individual e coletiva (incluindo capacetes, luvas e calçados);

· Controle de sinalização de segurança e determinação de rotas de transferência/evacuação;

· Fornecimento de coordenadores ou consultores externos de SSMA/SST para apoio a equipes existentes;

· Consultoria na orientação e coordenação sobre regulamentos de saúde e segurança no trabalho;